terça-feira, 13 de maio de 2014

metamorfose

amanhã eu me despeço de ti
mas hoje as cortinas vão descer
e as janelas fechar

porque no sábado vou me perder
no azul dos teus lençóis
o peixe mais curioso
confuso no oceano

que inunda a última
de nossas profundas lembranças...


Um comentário:

Marcelo V. Izquierdo disse...

é, as lembranças pesam