segunda-feira, 5 de abril de 2010

Quem sabe detrás de um grito



Quem sabe detrás de um grito, uma ilusão.
E duma ilusão uma saudade.
Duma saudade uma paixão.
Nesta paixão quem sabe um toque.
Atrás dum toque uma palavra.
Com a palavra uma emoção.
Duma emoção um coração.

Quem sabe sobre o mundo, senão
Eu.
E você e todos nós.

Quem sabe se deixarmos pra depois.
O amanhã e também ontem.
Acordando sem pensar.
Ceder ao arfar
Da emoção.

Quem sabe se criarmos a explosão.
O agora e o depois.
Ver sem ter os olhos.
Andar sem ter um chão.

Quem sabe se lidarmos com a vida.

5 comentários:

Erica Ferro disse...

Eu queria apenas aprender a lidar com a Erica Ferro.
Muito complicada essa talzinha.

Natália Corrêa disse...

Ninguém sabe, e é por isso que vale a pena tentar descobrir :}

Eu adoro quando passo um tempo sem ler/ver algo e percebo que minha opinião continua a mesma. Adoro o que você escreve! E suspeito que seja porque você tá sempre evoluindo (junto com meu bom gosto haha).

Saudades daqui.
Obrigada por não me abandonar *-*

Charlie B. disse...

Eu queria lidar apenas com o fácil, queria não ter que crescer, mas estou vendo que não tem jeito.

Charlie B.

sarah disse...

Vamos viver tudo que há pra viver..
não importando circunstâncias, o bom é ter histórias pra contar, não o motivo de cada caminhada !

Ah já me sinto honrada de você acompanhar meu blog,
comentando ainda é mais fabuloso.

obrigada sempre!

Katrina disse...

quiçá um dia eu saiba lidar com a vida e o que além e dentro dela